sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Um a um


Ninguém imaginava que era dele que ela tanto falava. Que o motivo dela sair cantarolando por aí era aqueles versos que ele contava durante os dias. Foi ele que deixou os dias mais coloridos, que teimava em clarear a vida e as situações, sempre levando buquês de raio de sol.

Era com ele que sentia segurança. Nas palavras, nas atitudes e nas promessas não ditas. Andava por um caminho mais bonito e seguia com uma paz transbordante. Sentia-se protegida no abraço dele, como se nada de ruim pudesse chegar ali perto. Ele abraçava tão forte que todos os pedaços quebrados começaram a se juntar novamente. Um a um, indo para o seu devido lugar.

Um comentário:

  1. É lindo cada palavra e cada encontro desse... Parabéns!

    ResponderExcluir