quarta-feira, 5 de dezembro de 2012



Eis aqui uma desconhecida, que se conhece muito bem para saber que não merece receber migalhas, nem ser passatempo. Ela que lê jornal todo dia e nem está preocupada com qual será a cor do verão. A que gosta do que não está na moda, que foge do igual, do mais do mesmo. Ela que reconhece de longe aqueles que chegam para acrescentar e que distingui muito bem os abraços dos que simulam. E depois de muito tempo, aprendeu a gritar quando algo lhe incomoda. 

Já viveu de saudades, reclamou, bateu o pé, mas um dia acordou e percebeu que saudade não se cobra, por mais que doa. Importância é algo que não se impõe para ninguém, apenas você dar ou não. Ela que viu uma multidão de amigos se dispersarem e, logo depois, como em um passe de mágica observou os verdadeiros se aproximarem. Ela que não espera mais pelo dia em que o príncipe encantado virá em um cavalo branco. A que aprendeu da pior forma a viver na realidade. Não que os sonhos não façam mais parte da sua vida, mas agora sabe separar as coisas. Sonhos são incentivos e não lugares onde se viver. E apesar de tudo que acredita ainda se reserva no direito de mudar de opinião.

12 comentários:

  1. É por esse seu jeito de não ser lugar-comum que sua presença me encanta!

    ResponderExcluir
  2. feliz pela sua visita no meu blog.

    to seguindo =)

    obs: nos sempre estamos esperando pelo cara perfeito,importante é não desistir e crer sempre que Deus tem alguem especial reservado pra nós.

    bjokas com carinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Bell!
      Volte sempre que quiser e puder, serás sempre bem vinda!
      Então, vamos seguir crendo. ;)

      Excluir
  3. "Sonhos são incentivos e não lugares onde se viver".

    Eu só quero que você me ensine a escrever assim. Somente.

    Que texto lindo, Tuany! :D

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Danilo,

      eu já disse, não brinque desse jeito... Eu que tenho que aprender mais um pouquinho contigo! Obrigadaa :DD
      Beijo!

      Excluir
  4. Oi flor,

    Como vai?
    Amei o seu blog.
    Parabéns!
    Ansiosa para as próximas postagens.
    Já estou lhe seguindo.
    Faça uma visita ao meu e se gostar será um imenso prazer em te-lá em meu cantinho.

    http://melbernardo.blogspot.com

    Bjok@s e sucessos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marlice,
      fico muito feliz que tenhas gostado... Obrigada! ^^
      Muito bom ter você por aqui agora!
      Beijos! =*

      Excluir
  5. Eita! Um anônimo-admirador! Ihhhhhh! X)
    Adorei a parte da 'saudade não se cobra, por mais que doa..." Era tudo q eu precisava ouvir hj... ;)
    Bjo, Tuany!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Rafinha, anônimo.. rsrs x)
      É bom ter suas palavras por aqui, é bom ter você aqui, e melhor ainda é saber que precisavas vê algo que escrevi! :D
      Bjos!

      Excluir
  6. Olá Tuany, vim aqui agradecer por sua visita no meu blog e adorei o seu cantinho! Tão leve e aconchegante, vou ficando por aqui.
    Parabéns pelo texto, ele é lindo e traz muito significado.
    Adorei a parte em que fala sobre mudar de opinião, normalmente as pessoas não o fazem por medo de serem quem elas são. Melhor mudar de ideia e encontrar o que nos faz feliz do que passar a vida inteira atrás de um pensamento que nunca será nosso.

    Continue brilhando!
    Beijos meus

    ResponderExcluir
  7. Vengo del blog de Carine Morais (menina-amora) y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa, me gustaría ser seguidor de tan bello Espacio, que es el Tuyo.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  8. "Sonhos são incentivos e não lugares onde se viver"

    Colocação perfeita!

    A realidade tem suas inconveniências (ainda) e impõem grandes limitações, mas, por outro lado, ela também nos chama, vezes sem conta, para a realização de muitos de nossos sonhos! Ela sabe ser generosa e só precisamos perceber quando, e aproveitar!

    Sou daqueles que tem um pé na grama e outro nas nuvens...

    Beijão!

    ResponderExcluir